Bolsonaro tenta usar operação da PF para sair ileso do PSL

O presidente Jair Bolsonaro reuniu-se na segunda-feira para analisar a sua saída do PSL

A operação da Polícia Federal desta terça-feira com foco no presidente do PSL, Luciano Bivar, fortalece a tese de justa causa para que parlamentares deixem o partido sem correrem risco de serem cassados por infidelidade partidária, disse à Reuters o deputado federal Bibo Nunes (PSL-RS), aliado do presidente Jair Bolsonaro.

Continue lendo