O jovem Eremias Delizoicov não fugiu à luta

Por Celso Lungaretti – Jovens como éramos, ainda havia vida para vivermos depois de nossos sonhos terem sido destruídos de forma tão terrível. E que, lembrando os versos da Começar de novo do Ivan Lins, valeu muito a pena ter sobrevivido.

Continue lendo