Preços no atacado avançam 0,55% em outubro, indica FGV

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC-DI), que responde por 30% do IGP-DI, passou a cair 0,09%, após estabilidade no mês de setembro

Os preços no atacado avançaram e compensaram a queda no varejo, levando o Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) a acelerar em outubro a alta a 0,55%, de 0,50% no mês anterior. A Fundação Getulio Vargas (FGV) informou nesta quinta-feira que o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-DI) — que responde por 60% do indicador todo — teve alta de 0,84% no período, após avançar 0,69% no mês anterior.

Continue lendo

IGP-M registra alta em outubro com impulso do atacado, mostra FGV

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) passou a subir 0,68% em outubro, depois de variação negativa de 0,01% no mês anterior, impulsionado por uma alta acentuada dos preços no atacado. O resultado informado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira ficou abaixo da expectativa em pesquisa da agência de notícias britânica Reuters de avanço de 0,86%.

Continue lendo

IPC-S cai em quatro capitais, aponta pesquisa da FGV

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) caiu em quatro das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV) de agosto para setembro. A maior queda foi observada em São Paulo: de 0,38 ponto percentual, ao passar de uma inflação de 0,28% em agosto para uma deflação (queda de preços) de 0,10% em setembro.

Continue lendo

Preços medidos pelo IGP-M tiveram ligeira queda de 0,01% em setembro

Os preços medidos pelo Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) tiveram ligeira queda de 0,01% em setembro, mas ainda assim ganho de fôlego em relação a agosto, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira. Em agosto, o IGP-M tinha caído 0,67% contra julho. No acumulado de 2019, o índice avança 4,09% e sobe 3,37% nos últimos 12 meses.

Continue lendo

Confiança do consumidor brasileiro chega ao fundo do poço

Os consumidores estão cada vez mais deprimidos, diante da crise econômica mais prolongada em uma década

O Índice de Expectativas recuou 2 pontos, alcançando 97,7 pontos e permanecendo abaixo do patamar de 100 pontos pelo quarto mês consecutivo. O otimismo quanto à evolução da situação financeira das famílias foi o que mais contribuiu para esse resultado, ao cair 4,1 pontos. Trata-se do patamar mais baixo até hoje, em termos históricos.

Continue lendo

Pesquisa mostra que brasileiros estão mais pessimistas com o futuro do país

Pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em todas as capitais, divulgada nesta quarta-feira, revela que mais da metade dos brasileiros adultos (53%) possuía alguma compra parcelada no último mês de março. Isso significa que, aproximadamente, 82,7 milhões de brasileiros estão com ao menos parte do orçamento comprometido para pagar compras feitas no cartão de crédito.

Continue lendo

Consumidores brasileiros estão ainda mais desanimados

Em junho, as avaliações dos consumidores pioraram tanto em relação ao momento atual quanto em relação ao futuro.   Por Redação – de São Paulo   O Índice de Confiança do Consumidor, medido pela Fundação Getulio Vargas, caiu 4,8 pontos de maio para junho deste ano. Com a queda, o indicador atingiu 82,1 pontos em […]

Continue lendo