De uma hora para outra, BC leva resultado positivo a déficit de milhões

Para 2020, a expectativa da autoridade monetária é de déficit em transações correntes de US$ 38,9 bi

Em nota, sem maiores esclarecimentos, o BC limitou-se a dizer que a revisão ordinária anual do balanço de pagamentos e da posição de investimento internacional, que aconteceria em julho, foi postergada especificamente neste ano para agosto. Segundo a autoridade monetária, “em função da pandemia internacional de covid-19 e do consequente adiamento do prazo para entrega das declarações de Capitais Brasileiros no Exterior (CBE)”.

Continue lendo

Mourão confirma déficit elevado nas contas públicas deste ano

Em transmissão de vídeo ao vivo realizada pelo banco Itaú, Mourão disse que o governo do presidente Jair Bolsonaro não perdeu “o norte” da busca pelo equilíbrio fiscal por causa da pandemia e reconheceu que o Produto Interno Bruto (PIB) sofrerá uma queda, mas afirmou que a equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, quer essa queda “dentro do limite do aceitável”.

Continue lendo

BNDES antecipará quase R$10 bilhões ao governo

Até agora, o banco já aprovou R$ 4,9 bilhões em antecipação de dividendos ao governo em 2019, referentes ao lucro do primeiro semestre

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)vai antecipar quase R$ 10 bilhões em dividendos ao governo federal neste ano, ajudando o resultado fiscal da União, afirmou o presidente do conselho do BNDES, Carlos Thadeu de Freitas.

Continue lendo

Contas externas registram o pior déficit em cinco anos

De janeiro a setembro, o déficit atingiu US$ 34,055 bilhões contra US$ 18,566 bilhões em igual período do ano passado. O Banco Central informou nesta quinta-feira que o maior resultado negativo das contas externas foi influenciado pela redução no superávit da balança comercial. O resultado de 2019 foi o pior, para os nove primeiros meses de um ano, desde 2015.

Continue lendo

Para secretário do Tesouro Nacional recuperação econômica tem sido lenta

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, voltou a falar nesta quinta-feira sobre o aperto do Orçamento brasileiro, devido ao que ele classificou como erros do passado, destacando o alto endividamento e os limites para investimento público. Entretanto, ele ponderou que o Brasil tem a vantagem de ser um país com economia diversificada, citando os leilões de áreas de petróleo a ocorrerem até o fim do ano.

Continue lendo

Déficit fiscal dos Estados Unidos é o maior em sete anos

O déficit fiscal norte-americano atingiu 4,7% do PIB, o maior nível em sete anos. O valor total do déficit foi de US$ 984 bilhões (cerca de RS$ 4 trilhões). O ano fiscal de 2019 fechou neste dia 30 de setembro com os EUA registrando o maior déficit fiscal dos últimos sete anos. De acordo com dados preliminares do relatório da Comissão Orçamentária do Congresso norte-americano, o déficit atingiu US$ 984 bilhões (cerca de RS$ 4 trilhões).

Continue lendo