Vendas no varejo recuam, em reforço a crise mais prolongada

“Em maio último, as vendas reais do varejo restrito ficaram no negativo, registrando -0,1% frente ao mês anterior já descontados os efeitos sazonais. Variações muito próximas da estagnação (isto é, de 0%) é o que tem marcado a sequência de resultados deste o início do ano”, avalia a área de Análise do Instituto IEDI.

Continue lendo