Negacionismo de Bolsonaro deixa Brasil para trás, no mundo

Segundo a Bloomberg, os Estados Unidos e a China serão os líderes do mundo pós-pandêmico. Os EUA estão recuperando através de bilhões de dólares de estímulo orçamental. A China foi a única grande economia que cresceu em 2020. O país asiático está vivendo recuperação em forma de “V” depois de conter o novo coronavírus.

Continue lendo