Argentina: BC reduz limite de compra a US$200 por mês

O banco central da Argentina afirmou na madrugada desta segunda-feira que determinou um limite de compra de US$ 200 por mês através de contas bancárias e de US$ 100 por mês para a aquisição em dinheiro, em uma tentativa de evitar que suas reservas internacionais continuem caindo. Após a derrota sofrida no domingo pelo presidente Mauricio Macri nas eleições em que buscava a reeleição, o banco central ajustou de forma dramática os controles cambiais, até dezembro, ante o limite anterior de US$ 10 mil por mês que vigorava até então para lidar com a crise financeira.

Continue lendo

FMI se encontra com autoridades financeiras argentinas

Autoridades financeiras argentinas se encontraram no sábado com uma equipe do Fundo Monetário Internacional (FMI), disse o Ministério do Tesouro, enquanto dezenas de milhares de partidários do presidente do país, Mauricio Macri, juntaram-se do lado do palácio presidencial com bandeiras e cantos.

Continue lendo