A desgraça que tirou a alegria dos brasileiros

Por Rui Martins – O evangelismo brasileiro deixou de ser um movimento religioso reacionário, um subproduto de seitas populares evangélicas norte-americanas, para se transformar num movimento neofascista de sustentação do governo Bolsonaro.

Continue lendo