Em dia de cautela, dólar mantém estabilidade ante o real

Às 10:17 desta terça-feira, a moeda norte-americana avançava 0,01%, a R$ 3,9921 na venda

O dólar operava perto da estabilidade contra o real nesta terça-feira, em meio a expectativas em torno das reuniões de política monetária no Brasil e nos Estados Unidos, em dia de otimismo cauteloso sobre a guerra comercial iniciada por Washington contra Pequim. Às 10:17, o dólar avançava 0,01%, a R$ 3,9921 na venda.

Continue lendo

Fed planeja novo corte de juros para conter desaceleração

Em meio ao que se tornou uma década de ouro para o Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos cortou as taxas de juros em pequenas levas duas vezes na década de 1990, conseguindo ajudar a economia norte-americana a continuar crescendo apesar do investimento e do crescimento fracos no exterior. O Federal Reserve de hoje espera que uma terceira vez se prove igualmente eficaz.

Continue lendo

Déficit fiscal dos Estados Unidos é o maior em sete anos

O déficit fiscal norte-americano atingiu 4,7% do PIB, o maior nível em sete anos. O valor total do déficit foi de US$ 984 bilhões (cerca de RS$ 4 trilhões). O ano fiscal de 2019 fechou neste dia 30 de setembro com os EUA registrando o maior déficit fiscal dos últimos sete anos. De acordo com dados preliminares do relatório da Comissão Orçamentária do Congresso norte-americano, o déficit atingiu US$ 984 bilhões (cerca de RS$ 4 trilhões).

Continue lendo

Dólar registra alta contra o real

O dólar avançava contra o real nesta quarta-feira, com a moeda brasileira registrando o pior desempenho entre as principais divisas, enquanto todas as atenções estavam voltadas para as decisões de política monetária nos Estados Unidos e no Brasil.

Continue lendo

Fed retoma uso de instrumento para acalmar mercados

O Federal Reserve injetou na terça-feira bilhões de dólares no sistema financeiro por meio de uma ferramenta que não utilizava havia mais de uma década, a fim de acalmar os mercados de taxas de juros, uma vez que os empréstimos diminuíram em parte devido a enormes pagamentos de impostos e ofertas de títulos.

Continue lendo

Trump pede ao Fed juro zero ou negativo para refinanciar dívida

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quarta-feira que o Federal Reserve deveria reduzir as taxas de juros dos EUA para “zero ou menos” para ajudar a “refinanciar nossa dívida” com custos de juros mais baixos e um prazo mais longo e culpou o chairman do banco central dos EUA por desperdiçar “uma oportunidade única na vida”.

Continue lendo

Jerome Powell diz que Fed irá “agir conforme apropriado”

A economia dos Estados Unidos está em uma “posição favorável” e o Federal Reserve irá “agir conforme apropriado” para manter o ritmo de expansão da economia, disse o chairman do Fed, Jerome Powell, nesta sexta-feira em um discurso que deu poucas pistas sobre se o banco central vai cortar os juros ou não em sua próxima reunião.

Continue lendo