Comemorar o que? Uma abominação?

Por Celso Lungaretti – Nessa efeméride negativa, o primeiro ponto a se destacar é que a quartelada de 1964 foi o coroamento de uma longa série de articulações e tentativas golpistas, nada tendo de espontânea nem sendo decorrente de situações conjunturais.

Continue lendo

Crise militar sem precedentes se instala no governo Bolsonaro

Diante dos motivos que levaram à queda de Azevedo e Silva, que se distanciou das ameaças institucionais frequentes, por parte do mandatário neofascista, os comandantes do Exército, general Edson Leal Pujol, da Marinha, almirante Ilques Barbosa e da Aeronáutica, brigadeiro Antônio Carlos Bermudez reagiram de imediato e entregaram os cargos.

Continue lendo

Especialista em Defesa aponta desgaste na imagem das Forças Armadas

“Inicialmente, havia uma expectativa de que as Forças Armadas seriam o lado racional do governo. Como Bolsonaro já tinha a fama de ser uma pessoa extremada, esperava-se que a racionalidade e a tutela militares poderiam ‘civilizá-lo’, de alguma forma”, afirma o doutor em Ciências Sociais João Roberto Martins Filho. 

Continue lendo

Forças Armadas apreendem balsas com toras de madeira no Pará

Comboio violou regras de segurança do tráfego aquaviário

Militares da Capitania Fluvial de Santarém apreenderam  duas balsas com toras de madeira que estavam paradas na comunidade de São José, no Rio Arapiuns, em Santarém, no Pará. O comboio violou regras que tratam sobre a segurança do tráfego aquaviário, entre elas, excesso de carga e falta de tripulantes.

Continue lendo