Locarno, abuso sexual entre hassídicos

É o filme choque deste ano em Locarno. Seu título é um simples M maiúsculo. M de Menahem Lang, que conduz a realizadora de origem judáica Yolande Zauberman, parisiense, a Bnei Brak, em Israel, lugar considerado como a capital mundial dos haredim, os judeus ultraortodoxos

Continue lendo