Após frustração com leilões, dólar registra pouca variação ante real

A bolsa paulista começava a quinta-feira com o Ibovespa no azul, favorecido pelo viés positivo em praças acionárias no exterior

O dólar tinha pouca variação contra o real em uma sessão volátil nesta quinta-feira, depois de registrar a maior alta diária em mais de sete meses na sessão anterior, com a frustração dos investidores em relação à participação de empresas estrangeiras nos leilões do pré-sal compensando o otimismo comercial no exterior. Às 10:41, o dólar avançava 0,13%, a R$ 4,0871 na venda, depois de ter chegado a subir mais de 0,9% no início do pregão.

Continue lendo