Oposição diz que reeleição de Lukashenko é ilegítima

A candidata Svetlana Tikhanovskaya não alcançou 10% dos votos, mas afirma que o resultado das eleições na Bielorrússia não é válido

A candidata de oposição Svetlana Tikhanouskaya rejeitou nesta segunda-feira os resultados oficiais da eleição presidencial de Belarus que deram ao presidente Alexander Lukashenko uma vitória folgada, dizendo que o pleito foi fraudado e que protestos que se tornaram sangrentos no domingo continuariam.

Continue lendo