Produção industrial recua e permanece menor do que antes da pandemia

De acordo com o instituto, em junho houve redução em três das quatro categorias econômicas e 15 dos 26 ramos. “Com isso, o setor industrial ainda se encontra 1,5% abaixo do patamar pré-pandemia (fevereiro de 2020) e 18,0% abaixo do nível recorde alcançado em maio de 2011”, informou o IBGE, em relatório distribuído nesta manhã.

Continue lendo

Produção industrial fica estagnada e a taxa de emprego cresce menos

“Destaca-se que o valor médio para os meses de junho é de 47,2 pontos, inferior aos 50 pontos. Ou seja, ocorreu manutenção do ritmo de produção na passagem de maio para junho de 2022, embora usualmente se verifique queda no período”, afirma a confederação, em nota distribuída para imprensa, na manhã desta sexta-feira.

Continue lendo

Crescimento da produção industrial decepciona analistas

Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal (PIM), divulgada nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação com maio de 2021, a indústria cresceu 0,5%. Já na média móvel trimestral, a alta é de 0,4%. Nos acumulados do ano e de 12 meses, no entanto, houve quedas de 2,6% e de 1,9%, respectivamente.

Continue lendo

Alta de preços na porta de fábrica alimenta inflação

Entre as quatro grandes categorias econômicas da indústria, a maior variação de preços veio dos bens intermediários, isto é, os insumos industrializados usados no setor produtivo (2,43%), seguidos pelos bens de capital, isto é, as máquinas e equipamentos usados no setor produtivo (2,04%), bens de consumo semi e não duráveis (0,80%) e bens de consumo duráveis (0,62%).

Continue lendo

Fiesp se alinha à democracia e rejeita ameaça de golpe de Estado

Josué Gomes

Na noite passada, em entrevista a blogs simpatizantes, Bolsonaro voltou a insinuar e fazer ameaças golpistas, novamente sem apresentar qualquer indício concreto de fraude nas urnas eletrônicas. Ele sinalizou, entretanto, que a tentativa de uma ruptura democrática teria um alto custo, como Bolsonaro experimentou no último dia 7 de Setembro.

Continue lendo

Aumentos nos preços de insumos básicos surpreendem a indústria

Segundo a CNI, 58% das empresas na indústria extrativa e de transformação e 68% na construção relataram aumento de preços de insumos importados acima do esperado. Para a Confederação, o resultado coincide com o início da guerra entre a Rússia e a Ucrânia, que agravou a desestruturação das cadeias de suprimento da indústria nacional.

Continue lendo

Confiança dos industriais na economia brasileira vai de mal a pior

Em maio, os setores mais confiantes foram os de manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos, que atingiu 60,3 pontos; seguidos do de biocombustíveis (60,2); produtos farmoquímicos e farmacêuticos (60,1); produtos diversos (59,8); e extração de minerais não metálicos, que fechou em 59,5 pontos.

Continue lendo

Produtividade da indústria volta a recuar, segundo CNI

De acordo com o estudo, foi a maior queda anual do indicador da série histórica iniciada em 2000, superando a perda registrada em 2008 (-2,2%), ano da crise financeira global. Foi segundo ano seguido de queda do indicador que mede a relação entre o volume produzido e as horas trabalhadas.

Continue lendo