BC: Inflação tende a aumentar ainda mais até dezembro e em 2021

A mediana das projeções colhidas na consulta do Banco Central junto a cerca de 100 instituições, a pesquisa Focus, aponta agora para um IPCA de 2,47% este ano e de 3,02% em 2021. Na semana passada, as estimativas eram de 2,12% e 3,00%, respectivamente. A meta central para os dois períodos é de 4% e 3,75%, com uma margem de tolerância de 1,5 ponto para mais ou para menos.

Continue lendo

Preço dos alimentos básicos acumula alta e pressiona a inflação

Em São Paulo, a cesta custou R$ 563,35, com elevação de 4,33% na comparação com agosto. No ano, o preço do conjunto de alimentos subiu 11,22% e, em 12 meses, 18,89%. Segundo o estudo, com base na cesta mais cara (Florianópolis R$ 582,40), o salário mínimo necessário para adquirir os produtos deveria ter sido de R$ 4.892,75.

Continue lendo

Tendência dos preços é de alta, diz a pesquisa do BC com economistas

Apesar das altas sucessivas, a expectativa dos economistas ainda está bem abaixo da meta do BC, que é de inflação de 4% este ano, com margem de tolerância de 1,5 ponto para mais ou para menos. Para 2021, quando a meta cai para 3,75%, expectativa está em 3,00%, sobre 3,01% na semana anterior. A projeção para a taxa básica de juros, atualmente em 2% ao ano, ficou inalterada.

Continue lendo