Economistas fazem ajustes e expectativa de inflação sobe em 2019

A inflação deve terminar este ano a 3,31%, uma alta de 0,02 ponto percentual em relação à semana anterior

Economistas consultados na pesquisa Focus do Banco Central ajustaram suas estimativas para a economia brasileira e mantiveram as expectativas para a taxa básica de juros depois de o BC reforçar o tom de cautela. Segundo o Focus, o centro da meta oficial de 2019 é de 4,25% e, de 2020, de 4%, ambos com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Continue lendo

Inflação fica abaixo do piso da meta em 12 meses, mostra IBGE

Os preços no Brasil voltaram a subir em outubro conforme esperado, mas ainda assim registraram o menor patamar para o mês em 21 anos, e a inflação oficial em 12 meses foi abaixo do piso da meta. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) teve alta de 0,10% em outubro, depois de variação negativa de 0,04% em setembro, informou nesta quinta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Continue lendo

IPC-S acumula alta de 2,81% no ano, indica dados do FGV

A inflação medida pelo Índice Geral de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S), referente ao dia 31 de outubro, registrou queda de 0,09% e ficou 0,02 ponto percentual abaixo da taxa anterior, de 22 de outubro. Com isso, o indicador acumula alta de 2,81% no ano e 2,93% nos últimos 12 meses. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira, no Rio de Janeiro, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Em cinco capitais houve queda na comparação com a divulgação anterior.

Continue lendo

Preços ao consumidor registra leve queda em outubro

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) registrou deflação (queda de preços) de 0,09% em outubro. Em setembro, o índice, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV) em sete capitais, não havia registrado variação de preços. O IPC-S acumula taxas de 2,81% no ano e de 2,93% nos últimos 12 meses. Quatro das oito classes de despesas tiveram queda na taxa em outubro, entre elas alimentação (-0,28%) e habitação (-0,40%). Também registraram deflação de educação, leitura e recreação (-0,03%) e comunicação (-0,09%).

Continue lendo

Zona do Euro: inflação cai mais do que o esperado

A inflação na zona do euro caiu para o ritmo mais lento em mais de três anos em setembro, mais do que o estimado anteriormente, informou nesta quarta-feira a agência de estatísticas da União Europeia. O recuo deve levantar novas preocupações sobre a situação da economia da zona do euro e pode reacender o debate dentro do Banco Central Europeu sobre como buscar seu objetivo de manter a inflação perto mas abaixo de 2% no médio prazo.

Continue lendo

Pesquisa mostra recuo nas estimativas de inflação

As estimativas de inflação recuaram na pesquisa Focus divulgada pelo Banco Central nesta segunda-feira, levando o grupo que mais acerta as previsões a reduzir ainda mais a expectativa para a taxa básica de juros neste ano. O levantamento semanal apontou que a expectativa para a alta do IPCA neste ano caiu a 3,28%, de 3,42% antes. Para 2020 a conta foi reduzida em 0,05 ponto percentual, a 3,73%.

Continue lendo

Transportes será principal componente do IPCA em 2020, indica IBGE

O grupo Transportes superou a Alimentação e vai se tornar o principal componente da inflação oficial brasileira a partir de janeiro de 2020, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os Transportes vão passar a responder por 20,8% do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), deixando Alimentação e bebidas com um peso de aproximadamente 19%.

Continue lendo