“Eu estou interessado na minha inocência”, diz Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva minimiza o julgamento que entra nesta quinta-feira na pauta do Supremo Tribunal Federal. O STF começa a julgar Ações de Declaração de Constitucionalidade (ADCs) que contestam a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância. A decisão pode resultar na libertação de Lula que pede à Corte anule a condenação sem crime e sem provas e consolide sua condição de inocente.

Continue lendo