Acender uma vela pelo Brasil

Por Urariano Mota – Acendem-se velas ainda em memória dos mortos, com afeto e tristeza. Mas na gravidade da hora deste presente, em mais de um sentido, em todos os sentidos, penso que deveríamos acender muitas velas, milhões de velas pelo Brasil.

Continue lendo

Hora de partir para a jugular!

Por Paulo Nogueira Batista Jr. – Há cerca de um mês, escrevi aqui nesta coluna que o governo Bolsonaro estava nas cordas e poderia até cair. Alguns acharam que era delírio e que eu confundia a realidade com meus desejos. Em outras palavras, acusaram-me de wishful thinking, como se diz em inglês.

Continue lendo

A justiça que permite a celebração do golpe de 1964

Por Urariano Mota – Em primeiro lugar, os jornais erram nos títulos. Confundem o Tribunal Regional Federal da 5ª Região com a Justiça. Ainda que fosse o Supremo Tribunal Federal, deveriam sempre, com mais propriedade, nomear o tribunal de onde veio a decisão, jamais confundi-la com a Justiça.

Continue lendo

2020: o ano que nunca termina

Por Paulo Kliass – Apesar da mudança de calendário e do ingresso em janeiro, a sensação de boa parte da população parece confirmar aquilo que vínhamos alertando há muito tempo. Pelo andar da carruagem, 2020 não vai acabar tão cedo aqui no Brasil.

Continue lendo

A tropa não é a nação

Os militares de hoje são a guarda pretoriana de um governo que conspira diuturnamente contra o país e seu povo

Por Roberto Amaral – A frase de D. Pedro I que nos serve de epígrafe foi registrada por José Honório Rodrigues (História combatente, Nova Fronteira. p. 176) como a resposta do nosso primeiro imperador ao general Avilez, comandante das tropas portuguesas, na independência, “quando este lhe fez exigências descabidas”.

Continue lendo

Responsabilidade fiscal ou social?

Por Paulo Kliass – O debate sério e comprometido a respeito de alternativas de política macroeconômica para superar a atual crise social e econômica continua sendo interditado em amplos espaços de formação de opinião.

Continue lendo

O maligno mente na ONU

Por António Paixão – Diretamente da Itália, onde se encontra em missão científica de intensas pesquisas para avaliação das propriedades profiláticas e terapêuticas do vinho, em companhia do Beppe Molisano, o Poeta nos enviou o seguinte conto:

Continue lendo

Bolsonaro e seus limites

Por Luciano Siqueira – No pressuposto de que pode tudo por ter sido eleito surfando na onda da negação da política, Bolsonaro tenta disfarçar sua incontornável incapacidade de governar promovendo escaramuças intermitentes contra inimigos, reais ou imaginários.

Continue lendo

Silêncio ensurdecedor

Por João Guilherme Vargas Netto – Nestes textos que escrevo sempre evito tratar de política (principalmente política partidária) não porque considere o assunto irrelevante, mas para manter disciplinadamente o foco nas atividades sindicais.

Continue lendo