O capitão que perdeu a guerra

Por Jorge Gregory – Muitas expressões originárias nos velhos e populares faroestes dos anos 40 a 60 foram traduzidas e adotadas pelo vocabulário dos machões brasileiros. Uma delas, usada por John Wayne em alguns filmes, dizia “não mande um menino fazer o trabalho de um homem”.

Continue lendo

A ‘tropa de choque’ na CPI do Genocídio

Por Altamiro Borges – Jair Bolsonaro e seus cúmplices, fardados e civis, estão desesperados com a CPI da covid-19, já batizada de CPI do Genocídio. O site UOL informa que o governo já escalou a sua “tropa de choque” para sabotar os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito e blindar a imagem do “capetão”.

Continue lendo

Até quando?

Por Walter Sorrentino – Até quando suportaremos recordes de mortes diárias de brasileiros, o aumento da média semanal das mortes por covid-19? Até quando nossas UTIs nem sequer terão vagas para quem está à beira da morte?

Continue lendo

Pandemia: como previsto o ‘culpado’ é o mordomo

Por Eron Bezerra – Após o Brasil se aproximar dos 12 milhões de infectados e de 300 mil mortos, o governo Bolsonaro troca pela quarta vez o ministro da saúde, numa clara manobra diversionista para não admitir que o fracasso no enfrentamento dessa tragédia é de sua inteira responsabilidade, tanto pelas orientações erráticas, anticientíficas e criminosas.

Continue lendo

Uma entre muitas batalhas

Por Luciano Siqueira – Guerra prolongada é assim, não há o que estranhar. Muitas são as batalhas, o conjunto delas é que produzirá o resultado, vitória ou derrota. No confronto com o governo ultradireitista de Jair Bolsonaro, as correntes democráticas têm acumulado forças?

Continue lendo