Caixa reduz taxas de juros para os financiamentos imobiliários

A Caixa Econômica Federal anunciou, nesta terça-feira, a redução de até 1 ponto percentual nas taxas de juros para os financiamentos imobiliários com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos (SBPE). A menor taxa passou de 8,5% ao ano para 7,5% ao ano e a maior: de 9,75% ao ano para 9,5% ao ano. As novas taxas serão válidas a partir da próxima segunda-feira.

Continue lendo

Para especialista, corte de juros nos EUA pode ser bom para Brasil

O Federal Rserve (Fed) anunciou nesta quarta-feira a diminuição da taxa de juros pela segunda vez em 2019, reduzindo a taxa básica de juros de 1,75% a 2%. Já o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central do Brasil também anunciou no fim da tarde de quarta-feira reduzir a taxa básica de juros de 6% para 5,5% ao ano.

Continue lendo

BCE corta juros e anuncia novo pacote de estímulo

O Banco Central Europeu (BCE) anunciou um novo pacote de estímulo, como esperado, nesta quinta-feira, cortando as taxas de juros e aprovando uma nova rodada de compras de títulos para estimular o crescimento da zona do euro e impedir uma queda preocupante nas expectativas de inflação.

Continue lendo

Trump pede ao Fed juro zero ou negativo para refinanciar dívida

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quarta-feira que o Federal Reserve deveria reduzir as taxas de juros dos EUA para “zero ou menos” para ajudar a “refinanciar nossa dívida” com custos de juros mais baixos e um prazo mais longo e culpou o chairman do banco central dos EUA por desperdiçar “uma oportunidade única na vida”.

Continue lendo

China: corte de juros a partir de setembro

A deterioração dos laços comerciais entre a China e os Estados Unidos e reformas nas taxas de juros estão alimentando especulações de que a China começará a cortar os juros a partir do próximo mês, mas os banqueiros esperam que os custos dos empréstimos caiam apenas gradualmente, oferecendo suporte limitado à desaceleração econômica.

Continue lendo

Jerome Powell diz que Fed irá “agir conforme apropriado”

A economia dos Estados Unidos está em uma “posição favorável” e o Federal Reserve irá “agir conforme apropriado” para manter o ritmo de expansão da economia, disse o chairman do Fed, Jerome Powell, nesta sexta-feira em um discurso que deu poucas pistas sobre se o banco central vai cortar os juros ou não em sua próxima reunião.

Continue lendo

Bancos, lucros e juros

Por Paulo Kliass – Um dos graves problemas que acometem a sociedade brasileira é a nossa impressionante capacidade de acomodação e incorporação dos desastres como se eles fossem algo normal em nosso meio.

Continue lendo