Bolsonaro se isola ao brigar com governadores e renegar pandemia

Bolsonaro se atrapalha na hora de vestir a máscara higiênica, ao lado do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta

Bolsonaro voltou a criticar nesta quarta-feira, medidas de restrições contra o coronavírus e mencionou possível ameaça à normalidade democrática do país. Isolado, após se indispor com os principais governadores brasileiros, o mandatário neofascista eleva o tom contra as medidas sanitárias recomendadas por seu próprio governo.

Continue lendo