Belluzzo: O nazifascismo estrutural

Por Luiz Gonzaga Belluzzo – No clássico ‘As origens da democracia e do totalitarismo’, Hannah Arendt diz que a Grande Depressão dos anos 30 foi eficaz para persuadir a burguesia alemã a abandonar as coibições do liberalismo político.

Continue lendo

Lições de um patriota

Embora jamais lograsse a presidência da república, que tanto perseguiu, e para a qual se preparara no curso de sua longa carreira política – deputado estadual, governador do Rio Grande do Sul e duas vezes governador do Rio de Janeiro – Brizola foi sem dúvida o mais influente e longevo quadro da política brasileira a partir dos anos 1960.

Continue lendo

O país pode contar com o Correio do Brasil agora, sempre e tanto

É em respeito aos leitores do Correio do Brasil que me proponho a fazer um brevíssimo balanço da rotina de sobressaltos que é editar um jornal, nos ambientes impresso, digital e online, todos os dias, de segunda a sexta-feiras, com o propósito tão somente de servir como intérprete fiel da realidade em que vivemos.

Continue lendo

Bolsonaro, até quando?

Por Marilza de Melo Foucher – A reeleição de Dilma deixou a elite conservadora brasileira em choque. Tudo deveria ser feito para impedi-la de governar. Começou com a contestação do resultado eleitoral por Aécio Neves, com amplo apoio da mídia comercial.

Continue lendo

Eleições municipais: retomar o fio da meada

Por Luiz Werneck Vianna – Decerto que eleições municipais têm um caráter singular em que são dominantes os temas locais, embora as que estão em curso guardem um significado plebiscitário implícito quanto a avaliação do governo Bolsonaro.

Continue lendo