Variante britânica tem mortalidade até 100% superior a outras cepas, diz estudo

Um novo estudo comparou as taxas de mortalidade da cepa B.1.1.7 da covid-19, originalmente descoberta em Kent, sudeste da Inglaterra, Reino Unido, com outras cepas e os cientistas descobriram que a variação britânica está associada a uma taxa de mortalidade significativamente maior entre adultos em comparação com outras cepas, variando entre 30% e 100% mais mortal que outras variantes.

Continue lendo