Bola de cristal do ministro aponta para curva em V

“De agora até o final do ano, 31 de dezembro, a ideia é que voltemos à situação ordinária, então até o fim do ano teremos encerrado essas camadas auxiliares que lançamos para preservar empregos, vidas e a economia”, disse o ministro da Economia, Paulo Guedes, em inglês.

Continue lendo

Presidente repete discurso duvidoso do ministro da Economia

O mandatário neofascista afirmou, nesta tarde, que a economia brasileira está “voltando em V”, fator que nenhuma das agências internacionais de risco assegura. Diz ele que o Brasil é um dos países que melhor reagiu à pandemia do novo coronavírus na parte econômica, embora o número de mortos pela covid-19 não pare de subir e já tenha passado a marca das 152 mil vítimas fatais.

Continue lendo

Guedes nega que auxílio emergencial será pago além de dezembro

Paulo Guedes, cada vez mais enfraquecido no cerne do governo, não sabe responder às perguntas mais difíceis

Quem também entende que não há espaço fiscal para a continuidade do apoio financeiro às famílias atingidas pela pandemia é o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão. Ele afirmou em entrevista, também na manhã desta quarta-feira, que as próximas gerações não podem ser prejudicadas por posicionamentos atuais que comprometam o equilíbrio das contas públicas.

Continue lendo

Atos de Bolsonaro atingem equipe econômica abaixo da linha d’água

O generalato, aliados ao ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, já constata que o superministro encontra-se à deriva, faz algum tempo. Ou Guedes se enquadra à visão de seus adversários ou terá colado, à testa, o atestado de opositor do Palácio do Planalto, o que, no nível de compreensão dos bolsonaristas, significaria ser chamado de ‘comunista’, como se fosse um palavrão.

Continue lendo

Economia recalibra queda do PIB diante atuais resultados negativos

A perspectiva para o PIB seguiu inalterada apesar de o secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues, ter pontuado recentemente que ela seria revisada neste mês. Em nota, a Secretaria de Política Econômica (SPE) avaliou que os resultados do segundo trimestre reduziram a variância das projeções trimestrais para os preços.

Continue lendo

A polêmica dos R$ 325 bilhões

Por Paulo Kliass – O discurso do “não temos recursos” caiu por terra há muito tempo. Ao contrário do mantra propagado pelo financismo, o dinheiro existe e está disponível para ser utilizado em programas de governo.

Continue lendo