BC aponta ‘alguma aceleração’ da economia nos próximos trimestres

O déficit primário dos governos central, dos estados e municípios, teve alta expressiva nos últimos meses

“Os trimestres seguintes devem apresentar alguma aceleração (do crescimento econômico), que deve ser reforçada pelos estímulos decorrentes da liberação de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS-Pasep) – com impacto mais concentrado no último trimestre de 2019”, acrescenta o Copom.

Continue lendo

Inflação tende a subir ainda este ano, preveem economistas

A informação consta do boletim Focus, pesquisa semanal do BC que traz as projeções de instituições para os principais indicadores econômicos. Essa foi a sexta elevação consecutiva. Para 2020, a estimativa de inflação se mantém há sete semanas em 3,60%. A previsão para os anos seguintes também não teve alterações: 3,75% em 2021, e 3,50% em 2022.

Continue lendo

Banco Central acredita que PIB será melhor ainda neste mês

Em outubro deste ano, a produção industrial registrou o terceiro mês seguido de ganhos, no melhor resultado para o mês em sete anos, com alta de 0,8%. Já as vendas no comércio varejista subiram pelo sexto mês seguido, com ganho residual de 0,1%, enquanto o volume de serviços cresceu 0,8%, no melhor resultado para outubro em sete anos.

Continue lendo

Economia britânica cresce no ritmo anual mais lento desde 2010

A economia do Reino Unido cresceu no ritmo anual mais lento em quase uma década nos três meses encerrados em setembro, uma vez que a desaceleração global e as preocupações com o Brexit afetaram o investimento empresarial e a manufatura.O crescimento do Produto Interno Bruto no terceiro trimestre desacelerou a 1,0% sobre o ano anterior, de 1,3% no segundo trimestre, informou a Agência Nacional de Estatísticas.

Continue lendo

Economistas fazem ajustes e expectativa de inflação sobe em 2019

Economistas consultados na pesquisa Focus do Banco Central ajustaram suas estimativas para a economia brasileira e mantiveram as expectativas para a taxa básica de juros depois de o BC reforçar o tom de cautela. Segundo o Focus, o centro da meta oficial de 2019 é de 4,25% e, de 2020, de 4%, ambos com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Continue lendo

PIB 2017 passa de 1% para 1,3%, indica IBGE

O Produto Interno Bruto do Brasil (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) cresceu 1,3% em 2017, anunciou nesta sexta-feira, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), após uma análise mais detalhada sobre o movimento da economia naquele ano, que interrompeu a recessão de 2015 e 2016.Com a consolidação, o crescimento da economia naquele ano passou de 1% para 1,3%, totalizando R$ 6,583 trilhões.

Continue lendo

PIB: governo projeta crescimento de 0,9% neste ano

O governo elevou nesta quinta-feira sua projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) este ano a 0,9%, sobre 0,85% anteriormente, segundo nova grade de parâmetros macroeconômicos divulgada pelo Ministério da Economia. Para o ano que vem, a estimativa também foi melhorada a um aumento de 2,32% do PIB, sobre 2,17% anteriormente.

Continue lendo