Construir no Brasil fica ainda mais caro, constata pesquisa da FGV

O Índice de Situação Atual, calculado pela FGV, que mede a percepção dos empresários da construção sobre o presente, recuou 2,2 pontos e passou para 87,8 pontos. O Índice de Expectativas, calculado também pela FGV, que mede a confiança no futuro, caiu 4,1 pontos, sua quinta queda consecutiva, e atingiu 90 pontos.

Continue lendo

Petrobras eleva mais uma vez preço dos combustíveis nas refinarias

O anúncio do reajuste, segundo a estatal, zera a defasagem em relação ao preço de paridade de importação. Em linha com a constatação da Petrobras, a consultoria Stonex afirmou, em nota a clientes assinada pelo líder da área de petróleo da empresa, Thadeu Silva, que “os reajustes estão bem em linha com movimentos internacionais”.

Continue lendo

Aumento da gasolina causa impacto no preço do etanol

O consumidor, afetado pelo preço da gasolina, também está tendo dificuldades para recorrer ao substituto imediato nos veículos com motor flex. Motivado por uma combinação de entressafra e aumento de demanda, o preço do etanol hidratado acumula aumento de 21,1% desde janeiro, segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Continue lendo

Pós-pandemia tende a ter preços elevados do petróleo

O petróleo, uma commodity situada na estrutura do sistema econômico mundial, volta a ser valorizado

O banco de investimentos JPMorgan Chase prevê um novo “superciclo” para o preço do petróleo, cita a agência Bloomberg em relatório divulgado nesta quarta-feira. No início de 2020 houve uma grande queda no preço do petróleo, devido à superprodução do hidrocarboneto e à falta de demanda devido à pandemia e consequentes lockdowns, em todos os continentes.

Continue lendo

Em plena crise, construir no Brasil fica ainda mais caro

A alta de dezembro para janeiro foi puxada pelos aumentos da inflação da mão de obra, que subiu 0,61% em janeiro ante 0,06% em dezembro, e dos serviços, que passou de 0,38% em dezembro para 0,48% em janeiro. Os materiais e equipamentos tiveram queda na de inflação de dezembro (2,08%) para janeiro (1,43%).

Continue lendo