Lewandowski leva ao STF 80 casos de prisão em segunda instância

Os 80 casos estão divididos em cinco temas e não têm ligação com a Operação Lava Jato.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF),Ricardo Lewandowski, anunciou nesta quinta-feira que levará ao Plenário 80 agravos regimentais apresentados pela Procuradoria-Geral da República contra decisões do ministro que reconheceu o direito do réu aguardar em liberdade o trânsito em julgado da sentença penal condenatória.

Continue lendo