Setor de serviços volta a perder força e decepciona em novembro

“A pandemia de Covid-19 pesou sobre a economia de serviços, com o aumento na atividade sendo marginal e mais fraco do que em outubro. Temores de nova alta nos casos de Covid-19 e as restrições associadas que pode trazer restringiram o otimismo das empresas”, resumiu a diretora econômica da IHS Markit, Pollyanna De Lima.

Continue lendo