Taiwan não busca confronto militar, diz presidente

Taiwan, que a China reivindica como parte de seu território, relatou quase 150 aeronaves da Força Aérea chinesa em sua zona de defesa aérea ao longo de um período de quatro dias iniciado na sexta-feira passada, mas tais missões foram interrompidas desde então.

Continue lendo