Bolsonaro tem prazo de cinco dias para se explicar ao STF

Fachin

O presidente do TSE registrou que “os fatos retratados” pelos partidos “indicam que a aduzida prática de desinformação volta-se contra a lisura e confiabilidade do processo eleitoral, marcadamente, das urnas eletrônicas”. Após os cinco dias concedido às partes, a Procuradoria-Geral Eleitoral terá o mesmo prazo para se manifestar.

Continue lendo

Mandatário não se contém e, em caso de derrota, prega novo golpe

Bolsonaro tem intensificado suas declarações no sentido de que não aceitará o resultado das urnas eletrônicas. No último fim de semana, o mandatário resgatou no WhatsApp uma mensagem antiga de um coronel da Polícia Militar para avisar que a corporação “seguirá o Exército em caso de ruptura institucional”. Mas isso, agora, parece muito longe da realidade.

Continue lendo