Berlim e cineastas pedem para Irã não prender Urso de Ouro

Mohammad Rasoulof, diretor iraniano premiado, internacionalmente, sofre com a censura do regime islâmico iraniano

Por Rui Martins – A direção do Festival Internacional de Cinema de Berlim divulgou nota, enviada ao governo iraniano, para não ser preso o cineasta Mohammad Rasoulof, premiado com o Urso de Ouro, por seu filme Não há Nenhum Mal. Outros festivais e personalidades do cinema assinam o documento.

Continue lendo