Witzel diz que Bolsonaro sofre desequilíbrio emocional no caso Marielle

Em entrevista, na manhã desta segunda-feira, o governador do Estado do Rio, Wilson Witzel, rebateu as acusações feitas por Jair Bolsonaro acerca de supostas interferências adversário político nas investigações do Ministério Público sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco e do esquema de rachadinha no gabinete de Flávio Bolsonaro na Alerj.

Continue lendo