Talebã anuncia formação de governo no Emirado Islâmico do Afeganistão

Arquivado em: Ásia, Destaque do Dia, Mundo, Oriente Médio, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 7 de setembro de 2021 as 16:09, por: CdB

O Talebã, grupo extremista islâmico, nomeou ainda Han Vasik para a chefia da Inteligência afegã, e apontou Mohammad Yaqoob como ministro da Defesa em exercício e Mohammad Hasan Akhund como primeiro-ministro interino, liderando o novo governo afegão.

Por Redação, com Sputnik – de Cabul

Segundo as informações disponibilizadas, Amir Khan Muttaqi foi apontado como novo ministro das Relações Exteriores do Afeganistão e Abas Stanikzai como vice-ministro das Relações Exteriores, Hedayatullah Badri atuará como ministro das Finanças, Mohammad Idris será o novo chefe do Banco Central Afegão, e Qari Din Mohammad Hanif é indicado como ministro da Economia do país.

Talebã
Cofundador do Talebã, o mulá Baradar vai liderar o novo governo do Afeganistão

O Talebã, grupo extremista islâmico, nomeou ainda Han Vasik para a chefia da Inteligência afegã, e apontou Mohammad Yaqoob como ministro da Defesa em exercício e Mohammad Hasan Akhund como primeiro-ministro interino, liderando o novo governo afegão.

O cofundador do grupo insurgente, Abdul Ghani Baradar, passará a ser o novo vice-premiê; Sarajuddin Haqqani será o novo ministro interino do Interior.

A Rússia foi convidada a participar da cerimônia de anúncio do novo governo provisório, disse Zamir Kabulov, representante presidencial especial russo para o Afeganistão, à agência russa de notícias Sputnik, nesta terça-feira.

Sharia

Com o estabelecimento de um novo governo, ainda que provisório, os afegãos poderiam esperar uma normalização das comunicações aéreas e das diversas áreas do Estado. Porém, de acordo com Zabihullah Mujahid, porta-voz do Talebã, tal ainda vai demorar algum tempo.

— O Emirado Islâmico do Afeganistão (autodesignação do sistema político talebã) declarou que as pessoas não serão autorizadas a viajar ao exterior até que um novo gabinete seja formado e o Aeroporto Hamid Karzai esteja totalmente preparado — advertiu o porta-voz.

Segundo Mujahid, as pessoas terão que esperar até que os Ministérios do Interior e das Relações Exteriores comecem a funcionar.

O chefe do novo governo, Mohammad Hasan Akhund, disse que a lei Sharia seria aplicada sob sua liderança, afirmando que o Afeganistão se compromete a cumprir todos os acordos internacionais, desde que não sejam contrários às leis do Islã e aos valores nacionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code