Tanzânia: ao menos 45 pessoas morrem pisoteadas em funeral do presidente 

Arquivado em: África, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 30 de março de 2021 as 10:34, por: CdB

 

Homenagem ao falecido presidente da Tanzânia, John Magufuli, termina com ao menos 45 mortos e 37 feridos. Há suspeitas de que Magufuli tenha falecido por complicações da covid-19. Magufuli tinha posicionamento negacionista.

Por Redação, com Sputnik – de Dodoma

Homenagem ao falecido presidente da Tanzânia, John Magufuli, termina com ao menos 45 mortos e 37 feridos. Há suspeitas de que Magufuli tenha falecido por complicações da covid-19. Magufuli tinha posicionamento negacionista.

Ao menos 45 pessoas morrem pisoteadas em funeral do presidente da Tanzânia

Ao menos 45 pessoas morreram pisoteadas em uma debandada durante o funeral em homenagem ao presidente da Tanzânia, John Magufuli. Outras 37 pessoas teriam ficado feridas, de acordo informações do Alarabiya News e do The Observer.

Polícia tanzaniana confirma que 45 pessoas morreram em uma debandada durante o segundo dia de exibição pública do corpo do ex-presidente John Pombe Magufuli em Dar es Salaam em 21 de março. Outras 37 pessoas em luto também ficaram feridas.

O líder tanzaniano

O líder tanzaniano morreu em 17 de março, aos 61 anos, em um hospital na cidade de Dar es Salam, na Tanzânia. Enquanto o governo mantém posicionamento de que o presidente morreu de insuficiência cardíaca após lutar contra a doença por uma década, as forças da oposição afirmam que Magufuli teve sintomas graves do coronavírus.

Anteriormente, Magufuli declarou não haver pandemia na Tanzânia. Ele também incentivou os residentes a orar por três dias para combater doenças respiratórias e enfatizou que não iria impor nenhum tipo de bloqueio ou fechamento para conter os contágios.

O Ministério da Saúde tanzaniano informou recentemente não ter planos de comprar vacinas contra a covid-19.