Técnico de corredores é suspenso por quatro anos por violações de doping

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 1 de outubro de 2019 as 13:27, por: CdB

A Agência Antidoping dos Estados Unidos (Usada) disse que a punição de Salazar foi por “orquestrar e facilitar a conduta proibida de doping”.

Por Redação, com Reuters – de Doha

O norte-americano Alberto Salazar, que treinou alguns dos maiores corredores de longa distância do mundo, incluindo o britânico várias vezes campeão mundial e olímpico Mo Farah, foi suspenso por quatro anos devido a violações de doping.

Alberto Salazar, durante campelonato mundial de atletismo de 2015
Alberto Salazar, durante campelonato mundial de atletismo de 2015

A Agência Antidoping dos Estados Unidos (Usada) disse que a punição de Salazar foi por “orquestrar e facilitar a conduta proibida de doping” como técnico principal do Nike Oregon Project (NOP), um campo criado principalmente para desenvolver atletas de resistência norte-americanos.

O treinador de 61 anos rapidamente perdeu seu credenciamento para o campeonato mundial de atletismo em Doha a pedido da federação atlética dos EUA, disse em um comunicado a Associação Internacional de Federações de Atletismo (Iaaf).

Salazar disse que apelará da decisão da Usada, e a gigante de equipamentos esportivos Nike disse em um comunicado que ficará ao seu lado.

– Estou chocado com o desfecho de hoje – disse Salazar em um comunicado. “Meus atletas e eu sofremos um tratamento injusto, antiético e altamente danoso da Usada.”

– O Oregon Project nunca permitiu e nunca permitirá doping. Apelarei, e espero que este processo injusto e prolongado chegue à conclusão que sei ser a verdadeira. Não comentarei mais nada neste momento.

Usada

A Usada disse que Salazar, que também treinou o atleta olímpico norte-americano Matthew Centrowitz, entre outros corredores de longa distância destacados, traficou testosterona, uma substância de melhoria de desempenho proibida, para diversos atletas.

O próprio Salazar foi um corredor de longa distância celebrado que venceu três maratonas consecutivas da cidade de Nova York nos anos 1980.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *