Telefônica apresenta rendimento abaixo do esperado por analistas

Arquivado em: Comércio, Negócios, Serviços, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020 as 15:35, por: CdB

A subsidiária da espanhola Telefónica, que no Brasil opera com a marca Vivo, disse que o lucro líquido trimestral totalizou R$ 1,274 bilhão, queda de 14,3% em relação ao ano anterior e abaixo da média de estimativas compiladas pela Refinitiv, de R$ 1,519 bilhão.

 

Por Redação, com Reuters – de São Paulo

A Telefônica Brasil, maior operadora de telefonia móvel do país, divulgou nesta quarta-feira lucro abaixo do esperado para o quarto trimestre, uma vez que impostos e custos de depreciação mais altos ofuscaram o desempenho operacional.

A subsidiária da espanhola Telefónica, que no Brasil opera com a marca Vivo, disse que o lucro líquido trimestral totalizou R$ 1,274 bilhão, queda de 14,3% em relação ao ano anterior e abaixo da média de estimativas compiladas pela Refinitiv, de R$ 1,519 bilhão.

Em termos recorrentes e excluindo a adoção das normas internacionais de contabilidade conhecidas como IFRS 16, no entanto, o lucro líquido da empresa caiu 4,2%, para R$ 1,486 bilhão.

Receita

O lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização, um indicador do desempenho operacional, também conhecido como Ebitda, aumentou 22,8% no quarto trimestre, para R$ 4,967 bilhões. Os analistas esperavam, em média, um Ebitda de R$ 4,463 bilhões, segundo dados da Refinitiv.

A receita líquida trimestral da operadora aumentou 2,6% ano a ano, para R$ 11,377 bilhões, impulsionada principalmente por um aumento de 5,2% no segmento móvel e um salto de 46,2% nas vendas de dispositivos devido à Black Friday e ao Natal.

Os custos operacionais caíram 8,9% na mesma comparação, para R$ 6,4 bilhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *