Telescópio captura imagem de galáxia em espiral

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado terça-feira, 9 de novembro de 2004 as 19:17, por: CdB

Uma espiral de estrelas, a 37 milhões de anos-luz da Terra, envolta em uma nuvem de gás e poeira estelar, foi localizada nesta terça-feira pelo telescópio espacial Spitzer. A galáxia NGC 5194, ou M51, segundo denominação da agência espacial norte-americana, Nasa, foi fotografada no projeto “Legacy”, que reúne centenas de outras fotos deste setor do universo para facilitar o acesso dos astrônomos aos dados coletados pelo telescópio situado na órbita da Terra.

As lentes infra-vermelhas do telescópio captaram uma grande quantidade de filamentos estreitos entre cada “braço” de sua grande espiral. Essas regiões se apresentam de forma regular, diferente das brilhantes emissões de gás vistas nos braços da galáxia. Os astrônomos acreditam que o formato de redemoinho da NGC 5194 tenha sua origem em uma grande colisão entre duas galáxias. Compreender o papel que essas trombadas espaciais têm na formação de estrelas é um dos objetivos dos cientistas.

As imagens da M51 faz parte de um projeto de 500 horas de observação espacial da Nasa que pretende estudar 75 galáxias próximas à Terra com imagens infravermelhas e espectroscopia. O objetivo é reunir dados que ajudem a compreender a formação de estrelas e as propriedades das galáxias.