Tendência ideológica de ultradireita influi e Weintraub permanece no cargo

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020 as 13:24, por: CdB

Onyx reconheceu, em entrevista a uma rádio do Rio Grande do Sul, que Weintraub tem um componente ideológico preponderante e isso gera incertezas quanto ao seu desempenho gerencial, ainda assim permanecerá no cargo.

Por Redação – de Brasília

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), assume o viés político ultraconservador como marca de governo, ao relevar os posicionamentos ideológicos de seu subordinado na área da Educação. Segundo o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, Bolsonaro manterá o chefe da pasta, Abraham Weintraub, na equipe ministerial.

Weintraub disse que estava 'de férias', ao ser interpelado por manifestantes no interior do Pará
Weintraub, aliado da extrema-direita de Bolsonaro, fica no cargo, apesar de erros graves na condução de assuntos decisivos no Ministério da Educação

Onyx reconheceu, em entrevista a uma rádio do Rio Grande do Sul, que Weintraub tem um componente ideológico preponderante e isso gera incertezas quanto ao seu desempenho gerencial, ainda assim permanecerá no cargo. O ministro, que teve algumas das atribuições retiradas por Bolsonaro na semana passada, classificou de “gigantescas” as funções que permanecem sob o guarda-chuva da Casa Civil.

Enem

Weintraub foi alvo de duras críticas na semana passada por parte do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que é do mesmo partido de Onyx e para quem o titular da Educação é um “desastre”. Ele também tem sido criticado por problemas na realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Onyx, que nesta segunda entrega a mensagem do governo ao Congresso para marcar o início do ano legislativo, afirmou que o texto tem a intenção de mostrar aos parlamentares “que o Executivo não tem medo de encarar reformas”. Na entrevista, Onyx mencionou especificamente o pacto federativo e as reformas tributária e administrativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *