Terremoto de magnitude 6,8 atinge o nordeste do Japão

Arquivado em: Ásia, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sábado, 1 de maio de 2021 as 11:27, por: CdB

Um terremoto de magnitude 6,8 na escala Richter atingiu a costa do nordeste do Japão neste sábado, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês). Os tremores foram sentidos no norte e no leste do país, inclusive em Tóquio.

Por Redação, com Sputnik – de Tóquio

Um terremoto de magnitude 6,8 na escala Richter atingiu a costa do nordeste do Japão neste sábado, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês).

Um terremoto de magnitude 6,8 na escala Richter atingiu a costa do nordeste do Japão

Os tremores foram sentidos no norte e no leste do país, inclusive em Tóquio.

De acordo com os dados preliminares, o foco estava localizado a uma profundidade de aproximadamente 47 quilômetros. O epicentro foi no Oceano Pacífico, na direção da província de Miyagi.

Já a Agência Meteorológica do Japão afirmou que a magnitude dos tremores foi de 6,6 e que o foco do terremoto ocorreu a uma profundidade de 60 quilômetros.

Até o momento, não há informações sobre possíveis vítimas ou mesmo danos materiais. Nenhum alerta de tsunami foi emitido pelas autoridades.

Um terremoto de magnitude 6,6 foi registrado na costa nordeste do Japão, informou a Agência Meteorológica do Japão (AMJ). Os tremores foram sentidos nas partes norte e leste do país, incluindo Tóquio, observa o AMJ. Não há relatos sobre danos ou vítimas em decorrência do terremoto. Nenhum alerta de tsunami foi emitido.

De acordo com a mídia japonesa, em partes de Miyagi, o terremoto registrou 5,0 na escala de intensidade sísmica japonesa.

O canal japonês NHK informou que um quartel-general de emergência foi estabelecido no gabinete do primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga, em função do terremoto.

As empresas ferroviárias afetadas pelos tremores

Segundo relatos, as empresas ferroviárias nas prefeituras afetadas pelos tremores suspenderam temporariamente os trens para verificações preventivas de segurança.

As autoridades também ordenaram averiguações adicionais em usinas nucleares no nordeste do país.

O Japão está localizado em uma região sismicamente ativa conhecida como Anel de Fogo, sendo constante a ocorrência de fortes terremotos.

O desastre da usina nuclear de Fukushima, em março de 2011, foi provocado por um terremoto de magnitude 9,0, seguido de um tsunami. O desastre matou mais de 15.000 pessoas.