Thiago Silva será capitão do Brasil contra Costa Rica

Arquivado em: Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 21 de junho de 2018 as 14:16, por: CdB

O zagueiro do Paris Saint-Germain foi capitão do Brasil pela última vez em junho, em partida na qual a seleção brasileira perdeu de 1 a 0 para a Argentina

Por Redação, com Reuters – de Sochi:

O técnico Tite escolheu o zagueiro Thiago Silva como capitão da seleção brasileira para a partida de sexta-feira contra a Costa Rica pela Copa do Mundo, mantendo sua política de alternar a braçadeira entre diferentes jogadores.

O zagueiro Thiago Silva

O zagueiro do Paris Saint-Germain foi capitão do Brasil pela última vez em junho, em partida na qual a seleção brasileira perdeu de 1 a 0 para a Argentina.

A derrota no amistoso disputado na Austrália foi a única sofrida pelo Brasil de Tite em 22 jogos.

Em sua partida de estreia do Grupo E contra a Suíça, o Brasil empatou por 1 a 1, com Marcelo como capitão. Agora, a seleção enfrenta a Costa Rica, que perdeu seu primeiro jogo por 1 a 0 para a Sérvia, em São Petersburgo.

Messi

O capitão da seleção espanhola, Sergio Ramos, reagiu a um comentário depreciativo do argentino Diego Maradona com uma declaração de admiração improvável por Lionel Messi, seu adversário no Campeonato Espanhol.

Maradona, capitão da seleção argentina que conquistou a Copa de 1986, disse nesta semana que “Ramos não é nenhuma superestrela, o verdadeiro zagueiro superestrela é Diego Godín” comparando o espanhol Ramos com o capitão do Uruguai.

Questionado sobre os comentários de Maradona após vitória de 1 a 0 da Espanha contra o Irã, Ramos preferiu elogiar Messi, que comandou várias vitórias do Barcelona sobre seu Real Madrid e com quem teve diversos confrontos.

– Eu respeito o Maradona porque ele é um dos maiores de todos os tempos, acho que ele foi uma estrela, mas também digo que o futebol argentino sabe que Maradona está anos-luz atrás de seu jogador número um, que é o Messi – disse Ramos.

Messi, que perdeu a final da última Copa do Mundo para a Alemanha como capitão da Argentina, errou um pênalti no empate de 1 a 1 de sua seleção com a Islândia e está sendo pressionado a levar seu time à vitória sobre a Croácia, líder do Grupo D, nesta quinta-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *