Tiago Nunes exalta jogadores do Furacão após título da Sul-Americana

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 13 de dezembro de 2018 as 14:35, por: CdB

O Furacão conquistou seu primeiro título internacional, após uma sofrida final que terminou o tempo regulamentar em 1 a 1, mesmo resultado da semana passada na Colômbia.

Por Redação, com EFE – de Curitiba

O treinador do Atlético-PR, Tiago Nunes, afirmou que o seu “papel foi mínimo” e que as “verdadeiras estrelas” são os jogadores, após a conquista da Copa Sul-Americana, na noite de quarta-feira, na Arena da Baixada, contra o Junior Barranquilla, definida nas cobranças de pênaltis.

O treinador do Atlético-PR, Tiago Nunes

– Temos a humildade de ouvir os jogadores. Tentei apenas ser o mediador, as estrelas são os jogadores – afirmou o técnico.

– Meu papel foi mínimo, tentando não dificultar – completou.

O Furacão conquistou seu primeiro título internacional, após uma sofrida final que terminou o tempo regulamentar em 1 a 1, mesmo resultado da semana passada na Colômbia.

– É uma noite especial. Sabíamos que teríamos dificuldades por conta da qualidade do adversário, mas esta torcida maravilhosa nos guiou, nos levou a ser campeões – disse.

Pablo

O atacante Pablo, que fez o gol do Atlético-PR no tempo normal na decisão da Copa Sul-Americana contra o Junior Barranquilla, afirmou que o inédito título o permitiu entrar para a história do clube brasileiro.

– Entramos para a história do clube – afirmou o atacante, que também foi o artilheiro da Sul-Americana, com cinco anotações, ao lado do colombiano Nicolás Benedetti, do Deportivo Cali-COL.

O atacante de 26 anos garantiu que a emoção do título que veio na disputa por pênaltis após empate em 1 a 1 no tempo normal, apenas é comparável à que sentiu em sua primeira partida em um torneio internacional, contra o River Plate pela Copa Sul-Americana de 2006, quando o clube chegou pela primeira vez nas semifinais da competição.

– Estive nesta partida com o River aqui na Arena da Baixada. Foi a minha primeira vez. Foi muito emocionante. E vivi isso aqui novamente – afirmou.

‘Lucho’ González

O meia argentino ‘Lucho’ González’, campeão da Copa Sul-Americana pelo Atlético-PR, disse na noite de quarta-feira estar satisfeito em enfrentar o River Plate, sua ex-equipe, na disputa da Recopa Sul-Americana.

– Estou feliz por ter esse encontro no ano que vem. Esperamos que tenha um final feliz para nós – disse.

O Atlético, campeão da Sul-Americana, definirá o título da Recopa contra o River, que no último domingo conquistou a Taça Libertadores da América.

O meia, de 37 anos, afirmou que o Furacão fez por merecer seu primeiro título internacional da sua história, em uma competição onde “muitas vezes você não consegue fazer o jogo que quer”, como na decisão contra o Junior Barranquilla.

– Sofremos hoje, mas a sorte esteve do nosso lado – manifestou.

Para o jogador argentino, “a maior conquista é poder entrar na história do clube como o primeiro grupo que ganhou uma competição internacional”, pois é algo que “ficará marcado” para sempre.

– Quando você passa por um clube como esse, quer deixar uma marca e a forma de ser lembrado é conquistando um título – completou.

‘Lucho’ González’, que recentemente renovou seu contrato por mais um ano com o Atlético, jogará em 2019 a Libertadores, algo que para ele representou uma grande “motivação” para seguir na Arena da Baixada.

– Não podemos nos privar do sonho de ganhar a Libertadores – ressaltou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *