Tiroteio deixa um suspeito morto em comunidade do Rio

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 7 de dezembro de 2018 as 14:15, por: CdB

A PM informou que os agentes estavam em patrulhamento na comunidade, quando foram atacados por bandidos armados. Eles revidaram e houve confronto.

Por Redação, com agências de notícias – do Rio de Janeiro

Tiroteio entre traficantes e policiais militares terminou com um suspeito morto e outras duas pessoas feridas, no morro do Borel, na Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro, na noite de quinta-feira.

Suspeito morre durante confronto em comunidade da zona norte

Um veículo blindado deu suporte à operação e a rua São Miguel precisou ser interditada por policiais da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da região.

A PM informou que os agentes estavam em patrulhamento na comunidade, quando foram atacados por bandidos armados. Eles revidaram e houve confronto.

De acordo com a polícia, três pessoas acabaram baleadas no tiroteio e foram encaminhadas ao Hospital Federal do Andaraí, um deles não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada na unidade de saúde.

Devido ao confronto, militares da UPP e da Coordenadoria de Polícia Pacificadora intensificaram o policiamento no entorno da comunidade. Moradores da região ficaram assustados com a intensa troca de tiros.

Ônibus invade agência bancária

Um ônibus desgovernado invadiu uma agência bancária e deixou várias pessoas feridas, no centro do Rio. O acidente foi no início da tarde de quinta-feira, na Avenida Rio Branco, próximo à esquina com  a Avenida Presidente Vargas, um dos locais de maior fluxo de pedestres da região.

Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, pelo menos sete pessoas ficaram feridas, uma em estado grave, com um pé esmagado, e foram encaminhadas ao Hospital Municipal Souza Aguiar, também no centro.

O ônibus, da linha 422, entrou dentro da agência do Banco Santander, atingindo pessoas que estavam na calçada e também dentro do estabelecimento.

As causas do acidente estão sendo apuradas pela polícia. Uma das hipóteses, segundo um policial que atendeu a ocorrência, é que pode ter faltado freio no ônibus. Também há a possibilidade de o motorista ter passado mal ao volante. O motorista foi levado para a delegacia para prestar esclarecimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *