Tite convoca Vinícius Júnior para amistosos contra Panamá e República Tcheca

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019 as 13:34, por: CdB

Apesar da convocação para os próximos amistosos, Tite pediu cautela ao ressaltar que o atacante de 18 anos ainda está em processo de evolução.

Por Redação, com EFE – do Rio de Janeiro

Na última lista da seleção brasileira antes do chamado para a Copa América, o técnico Tite convocou nesta quinta-feira, pela primeira vez, o atacante Vinícius Júnior, do Real Madrid, para os amistosos contra Panamá e República Tcheca, que serão disputados nos dias 23 e 26 de março, respectivamente.

O técnico Tite convocou Vinícius Júnior para o ataque da Seleção Brasileira de Futebol

– Ele não estaria na última convocação, mas, como disse, aberto à convocação de novos valores, ele está aqui agora. Ele tem em torno de 30 jogos, e isso é considerável pelo desempenho que tem, não só na análise de números, isso o credencia. Quero proporcionar a ele essa afirmação e essa evolução – comentou o treinador.

Apesar da convocação para os próximos amistosos, Tite pediu cautela ao ressaltar que o atacante de 18 anos ainda está em processo de evolução.

– Vamos deixar que o tempo permita essa avaliação. Deixar ele participar do jogo, dar mais uma etapa para que ele possa crescer. É uma construção – analisou.

A convocação não conta com Neymar, que se recupera de uma fratura no quinto metatarso do pé direito. De acordo com Fábio Mahseredjian, preparador físico da seleção e também presente na entrevista coletiva, é possível que o camisa 10 volte em condições melhores do que tinha na Copa do Mundo na Rússia no ano passado.

– Diferentemente da preparação para a Copa do Mundo, quando ele chegar na Copa América já vai ter jogado mais de quatro, cinco ou seis partidas. Até na Liga dos Campeões, se o Paris Saint-Germain passar. Vai estar em melhores condições físicas do que foi para a Copa de 2018 – descreveu.

Outros destaques da convocação foram as presenças do atacante Felipe Anderson, do West Ham, do meia Lucas Paquetá, do Milan, do zagueiro Éder Militão, do Porto, e a volta do lateral-direito Daniel Alves, do Paris Saint-Germain.

– Sobre o Daniel Alves, quero tê-lo próximo. Nos ultimos 14 jogos (do PSG) ele só ficou fora de um porque quiseram dar um descanso a ele. Há um aspecto técnico e tatico nele. E ele é um líder muito importante – disse Tite.

A convocação também não contou com o volante Fernandinho, lesionado, nem Marcelo, que não vive boa fase no Real Madrid, onde tem sido reserva do jovem Sergio Reguilón, de 22 anos. Para a lateral esquerda, Tite convocou Alex Sandro, da Juventus, e Filipe Luís, do Atlético de Madrid.

Entre os convocados nesta quinta-feira, apenas o goleiro Weverton, do Palmeiras, e o atacante Everton, do Grêmio, jogam no futebol brasileiro.

Após os amistosos contra Panamá e República Tcheca, Tite divulgará a lista definitiva de convocados para a Copa a América. Os escolhidos disputarão um primeiro amistoso contra o Catar no dia 5 de junho, no Maracanã, e outro em 9 de junho em Porto Alegre contra um adversário ainda não definido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *