Tobruk entrega à ONU documento que prevê fim do governo em Trípoli

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 1 de novembro de 2018 as 14:16, por: CdB

O mecanismo para a reestruturação do Conselho Presidencial, que escolhe o Governo sustentado pela ONU em Trípoli, foi pactuado em 29 de outubro pelo Conselho de Estado.

Por Redação, com EFE – de Trípoli

O Parlamento de Tobruk, que governa no leste da Líbia, entregou na quarta à noite ao enviado especial da ONU a este país, Ghassan Salamé, um documento sobre o mecanismo de reestruturação do Conselho Presidencial, informaram nesta quinta-feira fontes oficiais.

Além da reforma do governo, o acordo facilita o caminho para as eleições presidenciais serem inseridas no novo plano

Em comunicado divulgado através das redes sociais, a missão da ONU na Líbia (UNSMIL) confirmou que o documento, que abre as portas à cessação do atual governo em Trípoli, foi entregue pelo presidente do comitê de diálogo da citada assembleia, Abdel Salam Nasiya.

Também esteve presente na cerimônia Bashir al Hush, presidente do comitê formado pelo Conselho de Estado Líbio para emendar o acordo político assinado em 2015 na cidade marroquina de Skhirat.

O mecanismo para a reestruturação do Conselho Presidencial, que escolhe o Governo sustentado pela ONU em Trípoli, foi pactuado em 29 de outubro pelo Conselho de Estado, órgão consultivo que surgiu pelo plano forçado pela ONU em 2015, e pelo Parlamento de Tobruk, obrigado a se exilar depois das controversas eleições de 2014.

Após semanas de negociação, ambas as partes concordaram em suspender a aplicação do polêmico artigo oitavo, que acabou com as negociações em 2015 e que exigia a renúncia de todos os cargos, entre eles o do chefe do Exército Regular Líbio (LNA), dirigido pelo influente marechal Khalifa Hafter.

Além da reforma do governo, o acordo facilita o caminho para as eleições presidenciais serem inseridas no novo plano de reconciliação promovido pelas Nações Unidas desde setembro do ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *