Tornados atingem sul dos EUA deixando rastro de destruição

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 18 de março de 2021 as 12:21, por: CdB

 

Pelo menos nove tornados atingiram Estados no sul dos Estados Unidos, causando danos em vastos territórios. Até agora não houve relatos de mortes. O serviço meteorológico emitiu mais de 50 avisos para sete Estados, incluindo o Alabama, Arkansas, Texas, Mississippi e Oklahoma.

Por Redação, com Sputnik – de Washington

Pelo menos nove tornados atingiram Estados no sul dos Estados Unidos, causando danos em vastos territórios. Até agora não houve relatos de mortes.

Massivos tornados atingem sul dos EUA deixando rastro de destruição

Na quarta-feira, o Serviço Meteorológico Nacional dos EUA reportou pelo menos nove tornados atingindo Estados no sul do país. Em particular, seis furacões foram registrados no estado do Alabama, dois no Mississippi e um na Louisiana.

O serviço meteorológico emitiu mais de 50 avisos para sete Estados, incluindo o Alabama, Arkansas, Texas, Mississippi e Oklahoma.

No total, mais de 40 milhões de norte-americanos estavam no caminho das ferozes tempestades. Até agora não houve relatos de mortes, embora a tempestade tenha causado danos. Mais de 70 mil casas e empresas sofreram cortes de energia em todo estado do Texas até o Alabama, segundo informou o jornal USA Today.

O tempo severo

O tempo severo forçou muitas escolas e agências estaduais no Alabama, Louisiana e Mississippi fecharem ou mudarem para estudos a distância. Grandes clínicas de vacinação onde centenas de pessoas podem se vacinar sem sair de seus veículos foram canceladas no Alabama, Mississippi e Tennessee.

Além disso, anteriormente na quarta-feira, o serviço meteorológico também emitiu um aviso de “alto risco” de nível cinco para tempestades severas no Mississippi e no Alabama. O nível cinco é o risco mais alto para tempestades que produzem tornados.

Esta é a primeira vez desde 2012 que um alerta de alto risco é emitido no mês de março no país.