Trabalhadores da Petrobras planejam entrar em greve a partir deste sábado

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 29 de janeiro de 2020 as 14:43, por: CdB

Trabalhadores da Petrobras aprovaram em assembleias um indicativo de greve por tempo indeterminado a partir de sábado.

Por Redação, com agências de notícias – de São Paulo

Trabalhadores da Petrobras aprovaram em assembleias um indicativo de greve por tempo indeterminado a partir de sábado, informou a Federação Única dos Petroleiros (FUP), que ressaltou que a categoria irá “garantir o abastecimento da população durante todo o movimento grevista”.

Edificío sede da Petrobras no Centro do Rio de Janeiro
Edificío sede da Petrobras no Centro do Rio de Janeiro

A federação, que representa 13 sindicatos, disse em comunicado que avisou a administração da Petrobras sobre a paralisação ainda na terça-feira.

Os sindicatos afirmam que a greve será contra demissões em uma fábrica de fertilizantes da estatal no Paraná, que a Petrobras informou mais cedo neste mês que será hibernada, com dispensa de 396 empregados, e por alegações de “descumprimento do acordo coletivo de trabalho”.

Manifestação

Nesta quarta-feira, a categoria realizou uma manifestação na Praça Central de Araucária e distribui 1,5 tonelada de feijão. O objetivo, segundo o sindicato, é mostrar para a população os impactos negativos do fechamento.

A decisão de fechar a fábrica foi tomada no último dia 14. Segundo a empresa, o encerramento das atividades foi necessário pelos recorrentes prejuízos desde que foi adquirida, em 2013.

Para a procuradora do Ministério Público do Trabalho no Paraná (MPT-PR), Cristiane Sbalqueiro Lopes, a Petrobras não está preparada e munida dos estudos necessários para tomar a decisão de fechar a Fafen. Um inquérito foi aberto para investigar o processo de encerramento das atividades da subsidiária. “Saltou aos olhos que muitos elementos cruciais para a tomada dessa decisão, não tinham sequer sido aventados. Por isso, digo que a Petrobras não está preparada para adotar uma decisão desse tipo”, disse Lopes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *