Traficantes de drogas são alvo da PF no Piauí

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 4 de setembro de 2020 as 14:21, por: CdB

O grupo , segundo as investigações, atua na região norte do Estado, inclusive fornecendo drogas em presídios. Os criminosos contavam com ajuda de agentes públicos lotados em órgão estratégicos da segurança e tinham acesso a informações privilegiadas a respeito de investigações policiais.

Por Redação, com ABr – de Brasília

Em um desdobramento da Operação Manzuá, que apurou crime de cultivo ilícito de maconha na zona rural da Ilha Grande/PI, 30 policiais federais cumpriram nesta sexta-feira cinco mandados de busca e apreensão, contra um grupo de traficantes de drogas. Os mandados foram expedidos pelo juiz titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Parnaíba, no Piauí, para execução nas cidades de Parnaíba e Ilha Grande, e em Araioses, no Maranhão.

A Operação Manzuá II apura crime de cultivo ilícito de maconha
A Operação Manzuá II apura crime de cultivo ilícito de maconha

Presídios

O grupo , segundo as investigações, atua na região norte do Estado, inclusive fornecendo drogas em presídios. Os criminosos contavam com ajuda de agentes públicos lotados em órgão estratégicos da segurança e tinham acesso a informações privilegiadas a respeito de investigações policiais, com a finalidade de dificultar a repressão dos membros da quadrilha.

Penas

Os investigados serão indiciados pelos crimes de associação para o tráfico, associação criminosa, tráfico de drogas, divulgação de dados sigilosos e outros crimes que forem identificados no decorrer do cumprimento das buscas.

A Operação foi denominada Manzuá II em referência à armadilha de captura de peixes utilizada por pescadores locais, fazendo alusão ao constante trabalho da polícia federal para prevenir e reprimir o tráfico de drogas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code