TRF-IV declara feriado no julgamento de Lula sob peso de manifestações

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 12 de janeiro de 2018 as 14:41, por: CdB

Todos os processos ficam, assim, paralisados. O objetivo da decisão é o de acelerar o processo contra Lula. Tenta-se, desta firma, retirá-lo da corrida presidencial.

 


Por Redação – de Porto Alegre

 

Os servidores que não irão atuar no julgamento do ex-presidente Lula no Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF-IV) no próximo dia 24 ganharam um dia de folga. O presidente do Tribunal, Carlos Eduardo Thompson Flores, determinou por meio de uma portaria, publicada no Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul, nesta sexta-feira, que não haverá expediente administrativo e judicial para os funcionários da Corte que não estão envolvidos com o julgamento do ex-presidente.

Presidente do TRF-IV, Thompson Flores declarou feriado no dia do julgamento de Lula
Presidente do TRF-IV, Thompson Flores declarou feriado no dia do julgamento de Lula

Além disso, um dia antes do julgamento de Lula, o expediente será apenas das 8h às 12 horas.

Todos os processos ficam, assim, paralisados. O objetivo da decisão é o de acelerar o processo contra Lula. Tenta-se, desta firma, retirá-lo da corrida presidencial.

Leia, adiante, a nota do TRF:

O Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF-IV) informa que os prazos processuais e as intimações nos processos físicos e eletrônicos em trâmite no tribunal estarão suspensos nos dias 23 e 24 de janeiro de 2018. O expediente também será alterado nessas datas.

A suspensão leva em conta as medidas que estão sendo adotadas pelos órgãos de segurança pública do Estado do Rio Grande do Sul e pela Polícia Federal para garantir a segurança do público interno e externo durante a realização do julgamento da Apelação Criminal nº 5046512-94.2016.4.04.7000 no dia 24 de janeiro, às 8h30, pela 8ª Turma.

A portaria nº 32/2018, assinada hoje pelo presidente do TRF4, desembargador federal Carlos Eduardo Thompson Flores, estabelece que o expediente no tribunal no dia 23 de janeiro de 2018 será das 8h às 12h. No dia 24 de janeiro, não haverá expediente administrativo e judicial, exceto para os servidores diretamente envolvidos com a realização e apoio da sessão de julgamento.

Manifestações por Lula

Em apoio a Lula, o dia nacional de mobilização em defesa da democracia e pelo direito do ex-presidente ser candidato à Presidência da República, marcado para sábado, contará com atos em diversas cidades do país e no exterior. Os eventos são organizados pelo PT, com apoio da Frente Brasil Popular e outros movimentos sociais. O núcleo do partido em Londres confirma ato para o final da tarde deste sábado no centro da capital britânica.

Ao longo do dia, em diversas localidades brasileiras, haverá lançamento de comitês populares. Em São Paulo, estão previstos nos municípios de Diadema, Ribeirão Preto, Rio Claro, Campinas e na capital. Haverá ainda em Caxias do Sul e Porto Alegre, Campina Grande (PB) e Belo Horizonte, entre outros.

As manifestações em defesa de Lula, que terá recurso contra a sentença do juiz Sérgio Moro julgado no próximo dia 24, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre, incluem atividades pré-carnavalescas.

Ato público

O grito de carnaval em defesa da democracia e de Lula está previsto para a tarde; na Praça XV, região central do Rio de Janeiro. Mais de 2 mil pessoas são esperadas. Em Fortaleza, a partir das 9h, o bloco Tô com Lula vai se concentrar na Praça do Carmo, no centro da capital cearense.

Haverá ainda o ato Artistas e Intelectuais com Lula; no Teatro Oi Casa Grande, no Leblon, no Rio, a partir das 19h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *