Trump e Biden exibem estilos distintos em possível prévia da disputa eleitoral

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 12 de junho de 2019 as 12:17, por: CdB

Trump e Biden, o pré-candidato democrata mais bem cotado, estiveram no Iowa no mesmo dia pela primeira vez na pré-corrida presidencial. Biden fez uma série de eventos de campanha no Estado, que realizará a primeira convenção primária democrata em fevereiro.

Por Redação, com Reuters – de Washington

Mais de um ano antes da eleição presidencial de 2020, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o ex-vice-presidente Joe Biden disputaram espaço no Estado de Iowa na terça-feira, trocando farpas, testando suas mensagens e oferecendo um vislumbre de um possível confronto entre os dois.

Pré-candidato democrata à Presidência dos EUA Joe Biden durante encontro com eleitores em Iowa

Trump e Biden, o pré-candidato democrata mais bem cotado, estiveram no Iowa no mesmo dia pela primeira vez na pré-corrida presidencial. Biden fez uma série de eventos de campanha no Estado, que realizará a primeira convenção primária democrata em fevereiro.

Trump compareceu a um evento de divulgação de biocombustíveis e depois discursou em um evento de arrecadação de fundos estadual do Partido Republicano.

– Não planejamos isso – brincou Biden em um evento.

Mas não se viram muitas amenidades entre os dois ao longo do dia. Com meros quatro anos de idade de diferença, eles exibiram estilos políticos dramaticamente distintos.

Abordagem

Usando sua abordagem de longa data, Trump, de 72 anos, menosprezou o rival em potencial com uma série de insultos no início do dia, zombando da idade, da aparência e da inteligência de Biden e chamando-o de “perdedor”.

Biden, de 76 anos, reagiu, mas com mais moderação, preferindo se concentrar nas ações de Trump como presidente. Em uma parada em Ottumwa, ele se referiu a Trump como “uma ameaça aos nossos valores centrais”.

As alfinetadas ilustram o desafio que Trump representa para Biden. Ao invés de se ater a uma única questão política, a campanha de Biden foca na ideia da volta da decência pública e da modéstia política. Grande parte de seu discurso padrão se dedica ao que ele denomina como valores nacionais.

– Temos que ser muito mais civilizados na maneira como nos confrontamos – disse Biden aos repórteres em Mount Pleasant. “O sistema não está falido. A política está falida”.

Trump emprega uma abordagem política muito mais agressiva. Ele reformulou a natureza da presidência à sua maneira, usando as redes sociais com uma rispidez característica, desafiando aliados de longa data dos EUA e questionando tradições de Washington antes vistas como sacrossantas.

Campanha

Em campanha, Biden diz com frequência que vê o primeiro mandato de Trump como uma “aberração”. Um segundo mandato, alerta, “mudará fundamentalmente quem somos como nação”.

Trump está buscando a reeleição há tempos, mas fará um evento de lançamento oficial na semana que vem na Flórida. Nenhum republicano se apresentou para disputar com ele a nomeação do partido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *