Trump diz que príncipe saudita pode estar por trás da morte de jornalista

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 24 de outubro de 2018 as 11:29, por: CdB

Riad tem culpado uma “operação não autorizada” pela morte do proeminente jornalista saudita, um crítico do príncipe herdeiro, afirmando que Salman não tinha conhecimento do assassinato.

Por Redação, com Reuters – de Istambul

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em seus comentários mais duros contra a Arábia Saudita até o momento, disse que o príncipe herdeiro do reino tem a responsabilidade final pela operação que levou ao assassinato de Jamal Khashoggi, colocando pressão sobre o país aliado em meio a uma repreensão global pela morte do jornalista.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O jornal Wall Street Journal publicou a declaração de Trump horas antes do príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, comparecer a uma conferência de negócios, onde deve comentar a morte de Khashoggi.

Autoridades sauditas não responderam de imediato a pedido por comentário sobre a fala de Trump.

Trump disse ao Wall Street Journal querer acreditar no príncipe quando ele disse que autoridades de nível inferior foram responsáveis pela morte do jornalista, assassinado dentro do consulado saudita em Istambul.

Mas sugeriu que a responsabilidade pode chegar a níveis mais altos: “Bom, o príncipe está administrando as coisas por lá, mais ainda nesse estágio. Ele está administrando as coisas, então, se fosse qualquer pessoa, seria ele”.

Riad tem culpado uma “operação não autorizada” pela morte do proeminente jornalista saudita, um crítico do príncipe herdeiro, afirmando que Salman não tinha conhecimento do assassinato.

A morte de Khashoggi, morador dos Estados Unidos e colunista do jornal Washington Post, tem provocado revolta global e colocado em risco as relações entre Riad e Washington, assim como o relacionamento da Arábia Saudita com outras nações do Ocidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *