TSE mantém candidatura de Lindberg Farias

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado quinta-feira, 4 de novembro de 2004 as 21:18, por: CdB

Por maioria de votos, os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiram manter o registro de candidatura do prefeito eleito de Nova Iguaçu (RJ), Lindberg Farias (PT). Lindberg estava sendo julgado por não manter domicílio eleitoral no Rio de Janeiro. O relator do recurso, ministro Humberto Gomes de Barros, defendeu que a noção de domicílio eleitoral é muito mais do que apenas ter uma casa na cidade. Para Barros, o fato de o prefeito eleito ter tido maioria dos votos no município já prova que ele tem atividade política na região.

Lindberg Farias foi eleito com 57,7% dos votos (217,5 mil) no segundo turno das eleições. Ele derrotou o candidato à reeleição, Mário Pereira Marques Filho, do PMDB, que obteve 42,2% dos votos (159,2 mil). Lindbergh fez parte da coligação Hora da Mudança, que reuniu sob a liderança do PT, o PFL, PSDB, PSB e PC do B.